Lidando com as emoções

Vivemos em um período de muita instabilidade e incerteza, o que gera ansiedade. E tudo bem ficar ansioso. Recebemos, constantemente, um grande volume de notícias – seja assistindo a um jornal ou acessando alguma rede social, é inevitável não ficarmos por dentro dos acontecimentos -, e o isolamento e a distância de quem amamos também tendem a aumentar alguns sentimentos negativos.

Lidar com as emoções muitas vezes é um desafio, que trazemos da nossa infância, quando nos faltavam vocabulário e maturidade para entendê-las. E quais são as marcas do período em que vivemos ou do nosso pouco incentivo, no passado, para trabalhar as emoções que influenciam na nossa vida atual?

Para ter uma ideia da importância da capacidade de lidar com as próprias emoções, trazemos um dado da Organização Mundial de saúde: a OMS (Organização Mundial da Saúde) propõe dez competências para que possamos ter qualidade de vida. Dessas, seis são habilidades emocionais.

Emoções são a linguagem do nosso corpo

Temos vários centros de processamento no corpo. Estamos em um tempo no qual o lado racional é extremamente valorizado, e o cérebro neste cenário é o rei. Ele, claro, é extremamente valioso. Mas nesse caminho, estamos esquecendo de ouvir uma voz que fala tão alto quanto, ainda que não seja de uma forma tão linear quanto a racional.

Nosso corpo fala a linguagem das sensações, que são as emoções que se manifestam e que sinalizam algo para nós. Mas a somatização é um processamento importante e que, com frequência, somos estimulados a ignorar.

Ignoramos, pois o corpo pede um pouco mais de atenção e tempo para ouvirmos a mensagem que ele deseja passar. E esses dois elementos são escassos hoje. Estamos desatentos, pois nunca tivemos que lidar com tanta informação vinda do mundo externo quanto atualmente. E além disso, nossa cultura valoriza a falta de tempo como um sinal de sucesso no campo profissional.

E quando deixamos de dar atenção ao corpo e às emoções que se expressam nele, perdemos. O resultado são as doenças modernas, como depressão e outros desequilíbrios.

Abrir espaço

Estudos recentes dizem que, aumentando os nossos níveis de inteligência emocional, aumentam os nossos níveis de satisfação com a própria vida e, por consequência, a nossa autovalorização.

Na nossa infância e juventude, não conseguimos desenvolver na totalidade as nossas capacidades emocionais; a boa notícia é que a inteligência emocional desenvolve-se durante toda a vida, já que o cérebro é plástico e possui uma imensa capacidade evolutiva.

Ter o sistema emocional reconhecido e bem desenvolvido é uma grande ferramenta para nos tornarmos melhores em nossos relacionamentos, no trabalho e na vida. A razão ganha um grande aliado nas mãos de um corpo educado e em controle de suas emoções.

E as competências emocionais permitem organizar a nossa vida de uma forma sã e equilibrada, facilitando-nos experiências de satisfação ou bem-estar.

Quem conhece e sabe gerenciar as suas emoções, está mais preparado para ter melhores resultados no mundo profissional e pessoal.

Quem entende como gerir e focalizar a sua energia, tem maiores garantias de ter êxito na vida. As emoções são a essência e o núcleo sobre os quais se constroem as relações e se tomam as decisões. Focalizando nossa energia, sabemos onde estamos e para onde caminhamos.

Veja mais:

Como as constelações sistêmicas podem auxiliar nos relacionamentos?

Publicado: 2 de outubro de 2021

O tema será abordado em um workshop sobre constelações para relacionamentos, promovido pela psicóloga Vera Boeing em 16 de outubro, sábado, das 8h30 às 17h no Hotel Flat Petras, em Curitiba. O foco será nos diversos tipos de relacionamentos – familiares, amorosos, de amizade, de trabalho, entre outros. “O evento é indicado para quem deseja […]

Workshop abordará constelações de saúde

Publicado: 20 de julho de 2021

As constelações são uma excelente ferramenta para se trabalhar diversos temas, entre eles, a saúde. Para ajudar a entender o que desencadeia as doenças e de que forma as constelações podem auxiliar, a Vera Boeing Desenvolvimento de Pessoas promove, em 31 de julho, sábado, a partir das 8h30, um workshop de constelações de saúde. O […]

2º Congresso Internacional de Consciência Sistêmica ainda tem ingressos para a modalidade on-line

Publicado: 15 de junho de 2021

O 2º Congresso Internacional de Consciência Sistêmica acontecerá nos dias 2, 3 e 4 de julho. Há duas opções de formato: presencial, em Lisboa, e on-line, para quem desejar acompanhar de forma remota. Promovido pelo Espaço Amar, o evento contará com 44 workshops, 22 palestras e 57 palestrantes de 11 países – entre eles, a […]

A doença desencadeada de acordo com o sentir

Publicado: 24 de maio de 2021

Frente ao exposto no texto anterior, já se pode certamente compreender, até mesmo com uma lógica, sobre o que é a doença, o programa biológico de sobrevivência. E agora trago um exemplo, considerado à luz das Leis Biológicas, que evidencia a linguagem do corpo, as metáforas apresentadas em forma de doença, mas trazendo a intenção […]

Olhando para as doenças: casos concretos

Publicado: 14 de maio de 2021

No texto anterior, você compreendeu melhor as dinâmicas das doenças e, agora, podemos olhar para casos concretos e, quem sabe, também curar a alma e tomar a vida com mais força. Portanto, aqui, apresento conteúdos biológicos segundo Dr. Hamer, e sistêmicos, no olhar de Hellinger. Olhamos, então, para uma decodificação baseada na biologia, acima de […]

Entender a doença para compreender a vida

Publicado: 6 de maio de 2021

Agora que você já sabe sobre as fases da doença, vamos olhar para alguns sintomas e dinâmicas observadas nas constelações? Vamos entender a doença para compreender a vida. “Ter saúde significa muito mais do que não apresentar nenhuma doença física.” Johnny De Carli Nosso corpo é um depósito de memórias. Ele conta a história. É […]

Workshop de constelações sistêmicas foca no nascimento

Publicado: 19 de abril de 2021

A Vera Boeing Desenvolvimento de Pessoas organiza, em 21 de abril (quarta-feira), mais um workshop de constelações sistêmicas, desta vez voltado ao nascimento. Constelando esse momento, abre-se a possibilidade de solucionar traumas que impactam em situações cotidianas e nos nossos relacionamentos. Para constelar, é necessário efetuar o pagamento de R$ 230,00 para o PIX 41999682687. […]

As doenças sob a ótica das constelações sistêmicas

Publicado: 13 de abril de 2021

Agora que você já entendeu, com o texto anterior, o motivo de eu dizer que a doença é um grito da alma que chama para a vida, vamos continuar nossa reflexão. A necessidade de ordem e de pertencimento permite a coesão do sistema familiar. A necessidade para a compensação ou equilíbrio cria movimento para a […]